Interpretação de TextosUnifesp interpretação

Questões com conteúdo de interpretação de textos.

Moderador: [ Moderadores TTB ]

Avatar do usuário
Autor do Tópico
Lars
Guru
Mensagens: 387
Registrado em: Seg 19 Nov, 2018 16:02
Última visita: 03-01-22
Dez 2021 24 08:19

Unifesp interpretação

Mensagem não lida por Lars »

Explico ao senhor: o diabo vige dentro do homem, os crespos do homem ou é o homem arruinado, ou o homem dos avessos. Solto, por si, cidadão, é que não tem diabo nenhum. Nenhum!- é o que digo. O senhor aprova? Me declare tudo, franco - é alta mercê que me faz: e pedir posso, encarecido. Este caso - por estúrdio que me vejam - é de minha certa importância.
Tomara não fosse... Mas, não diga que o senhor, assisado e instruído, que acredita na pessoa dele?! Não? Lhe agradeço! Sua alta opinião compõe minha valia. Já sabia, esperava por ela - já o campo! Ah, a gente, na velhice, carece de ter uma aragem de descanso. Lhe agradeço. Tem diabo nenhum. Nem espírito. Nunca vi.
Alguém devia de ver, então era eu mesmo, este vosso servidor. Fosse lhe contar... Bem, o diabo regula seu estado preto, nas criaturas, nas mulheres, nos homens. Até: nas crianças - eu digo. Pois não é o ditado: “menino - trem do diabo"? E nos usos, nas plantas, nas águas, na terra, no vento... Estrumes... O
diabo na rua, no meio do redemunho...
O texto de Guimarães Rosa mostra uma forma peculiar
de escrita, denunciada pelos recursos lingüísticos
empregados pelo escritor. Dentre as caracteristicas do
texto está
a) o emprego da linguagem culta, na voz do narrador,
e o da linguagem regional, na voz da personagem.
ba recriação da fala regional no vocabulario, na sin
taxe e na melodia da frase.
o o emprego da linguagem regional predominante-
mente no campo do vocabulario
d a apresentação da lingua do sertão fiel à fala do ser
tanejo
e) o uso da linguagem culta, sem regionalismos, mas
com novas construções sintáticas e ritmicas.
Não entendi essa tal recriação
Resposta

b) Em tom monologal, Riobaldo Tatarana interpela o seu
suposto interlocutor acerca de uma de suas mais fun-
alas atribulações: a existência e a natureza do diabo,
que faz de Grande Sertão: Veredas, entre muitas
outras coisas, um tratado moderno de demonologia
Estão presentes, como quer o enunciado: a oralidade
da fala sertanejia, recriada artisticamente, a sintaxe
entrecortada, sincopada, e a melopeia




Responder
  • Tópicos Semelhantes
    Respostas
    Exibições
    Última msg
  • Nova mensagem Interpretação unifesp
    por Lars » » em Gramática
    1 Respostas
    64 Exibições
    Última msg por deBroglie
  • Nova mensagem (Unifesp) Racionalização
    por thetruthFMA » » em Pré-Vestibular
    1 Respostas
    2909 Exibições
    Última msg por MateusQqMD
  • Nova mensagem (Unifesp) Resultante
    por thetruthFMA » » em Física I
    3 Respostas
    1554 Exibições
    Última msg por thetruthFMA
  • Nova mensagem (UNIFESP) Eletroquímica
    por thetruthFMA » » em Físico-Química
    1 Respostas
    2921 Exibições
    Última msg por MateusQqMD
  • Nova mensagem (2º FASE -UNIFESP) -Geometria Plana
    por oilut » » em Pré-Vestibular
    2 Respostas
    792 Exibições
    Última msg por Planck

Voltar para “Interpretação de Textos”