Filosofia/SociologiaDia da Consciência Negra evita a Banalidade do mal?

Moderador: [ Moderadores TTB ]

Avatar do usuário
Autor do Tópico
Menitham
1 - Trainee
Mensagens: 122
Registrado em: Seg 23 Set, 2019 13:54
Última visita: 17-05-21
Nov 2020 20 18:48

Dia da Consciência Negra evita a Banalidade do mal?

Mensagem não lida por Menitham »

A banalidade do mal é um conceito muito presente nas discussoes pos-moderna, e é possivel explicar muitos problemas sociais a partir dele. Para isso, é necessario entender suas origens: o que provoca a banalidade do mal.
Quem decide os fatos socias é a maioria de um povo e nao a etnia, genero ou crença. A ética iluminista moderna tenta de todas as formas afirmar esses fatos ao excluir culturas e padrozinar comportamentos segundo Emile Durkheim. Essa atitude que as ideias iluministas possuem colocam tudo dentro desta banalidade do mal, usando o termo da sociologa Hannah Arendit que segundo ela explica o comportamento de individuos que sao impossibilitados de agir culturalmente ou seguir caminhos distintos que nao sejam os ja estabelecidos por fatos sociais; intolerancia, racismo, criminalidade
O que pode combater a banalidade do mal e fazer o Dia da consciencia Negra servir para todos; a açao social.
A açao social é um conceito de Max Weber que coloca o individuo em sociedade na funçao da manutençao do que é melhor para a sua comunidade a partir da participaçao cultural.
Cada comunidade se indentifica pela sua cultura e crenças, seu jeito de ser culturalmente definido. A cultura é o guardiao do individuo, o que conecta ele a algo real, e que possibilita ele de busca o melhor para si mesmo e para a comunidade.
Comunidade aqui é colocado como grupo de pessoas que se assemelha pelos habitos culturais.
Existem habitos formador por fatos sociais? Sim, e sao os piores possiveis, e o racismo é incluido; assim como o consumismo e a criminalidade.

Pode existir fatos sociais que coloram a tolerancia como regra geral? Nunca vai acontecer. A tolerancia é uma virtude ética, impossivel nascer tolerante; voce decide ser. é o que o existencialismo defende; se o individuo nasce para depois se definir, é preciso usar o melhor para a pessoa ser alguém respeitador dos direitos das pessoas de existir e manifestar suas culturas, suas lutas.


Busque a sua virtude ética, nao espere os fatos sociais definirem o que voce nao é.

Última edição: Menitham (Sex 20 Nov, 2020 18:53). Total de 2 vezes.



Responder
  • Tópicos Semelhantes
    Respostas
    Exibições
    Última msg

Voltar para “Filosofia/Sociologia”