Evolução, Ecologia e Origem da VidaEspeciação Tópico resolvido

Moderador: [ Moderadores TTB ]

Avatar do usuário
Autor do Tópico
Madu1
Guru
Mensagens: 474
Registrado em: Seg 14 Jan, 2019 12:58
Última visita: 25-02-21
Jan 2021 21 09:04

Especiação

Mensagem não lida por Madu1 »

Apresente um exemplo de especiação que ocorra em uma mesma região, sem a existência de
isolamento geográfico (especiação simpátrica).
Resposta

Formação de indivíduos poliplóides OU Formação de híbridos férteis.
Não entendi este gabarito.




Avatar do usuário
selteneauster
sênior
Mensagens: 48
Registrado em: Qui 12 Nov, 2020 11:47
Última visita: 21-02-21
Jan 2021 27 20:55

Re: Especiação

Mensagem não lida por selteneauster »

Olá Madu, tudo bem?

Primeiramente, a especiação que ocorre em uma mesma região (simpátrica) é aquela cujas populações não são isoladas por barreira geográfica e cujo processo de formação de novas espécies se dá de forma mais lenta, uma vez que esses grupos estão sujeitos à mesma pressão seletiva. Na especiação simpátrica, o principal mecanismo evolutivo operante é a deriva gênica, segundo a qual as frequências dos alelos de uma população se alteram ao longo das gerações devido à dinâmica arbitrária dos cruzamentos (não direcionada e não influenciada pela pressão seletiva).

Sabendo disso, podemos pensar nos exemplos desse tipo de especiação.

No caso dos indivíduos poliploides, podemos pensar que a especiação simpátrica, por ocorrer em uma mesma região, aumenta as probabilidades de cruzamentos entre indivíduos que tenham algum parentesco, e isso se traduziria tanto em um patrimônio genético menos diversificado quanto em uma frequência maior de indivíduos com alguma anomalia oriunda de erros no processo de divisão celular, resultando, por exemplo, na não separação dos homólogos na formação de gametas, o que poderia gerar indivíduos poliploides, isto é, com vários conjuntos cromossômicos (3n, 4n, 5n etc). Esse fenômeno é muito comum em plantas, e na espécie humana pode gerar severas anomalias ou morte.

Já no caso de híbridos férteis, podemos inferir que, por serem formados a partir do cruzamento entre espécies próximas, a sua maior frequência se justifica pelo mesmo raciocínio: essas espécies habitam a mesma região e têm maior chance de cruzarem entre si, gerando híbridos férteis porque são espécies com grau de parentesco próximo. Dois exemplos bastante conhecidos de híbridos férteis são o ligre e a mula: o primeiro é formado pelo cruzamento de leão com tigre, o segundo a partir do cruzamento entre égua e jumento. Em ambos os casos, esses animais possuem hábitats semelhantes e ocupam nichos parecidos com os seus pares, o que sugere proximidade entre as espécies.

Veja se esclareceu. Do contrário, estou à disposição.

Espero ter ajudado!

Última edição: selteneauster (Qua 27 Jan, 2021 20:56). Total de 1 vez.


This above all; to thine own self be true. - William Shakespeare

Responder
  • Tópicos Semelhantes
    Respostas
    Exibições
    Última msg

Voltar para “Evolução, Ecologia e Origem da Vida”