Reino Monera, Vírus e ParasitologiaDengue Tópico resolvido

Moderador: [ Moderadores TTB ]

Avatar do usuário
Autor do Tópico
Liliana
Ultimate
Mensagens: 975
Registrado em: Ter 11 Out, 2016 21:17
Última visita: 07-02-19
Mai 2018 02 11:14

Dengue

Mensagem não lida por Liliana »

Em 2008, a Secretaria Estadual de Saúde e pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz, ambas do Rio de Janeiro, confirmaram um caso de dengue adquirida durante a gestação. A mãe, que havia adquirido dengue três dias antes do parto, deu à luz uma garotinha com a mesma doença. O bebê ficou internado quase um mês, e depois recebeu alta. Pode-se afirmar corretamente que esse caso:

a) contradiz a hipótese de que a criança em gestação receba, por meio da barreira placentária, anticorpos produzidos pelo organismo materno.

b) contradiz a hipótese de que a dengue é uma doença viral, uma vez que pode ser transmitida entre gerações sem que haja a participação do Aedes aegypti.

c) confirma que a dengue é uma doença infectocontagiosa, que só pode ser transmitida de pessoa para pessoa através de um vetor.

d) demonstra a possibilidade da transmissão vertical, de pessoa para pessoa, através do contato da pessoa sadia com secreções da pessoa doente.

e) demonstra a possibilidade de o vírus da dengue atravessar a barreira placentária, sem que seja necessária a presença de um vetor para sua transmissão.
Resposta

Resposta: letra e).

Nesse caso, a mãe não seria o vetor, através da placenta??
Pensei que a resposta fosse a c)...




Avatar do usuário
royal
sênior
Mensagens: 26
Registrado em: Sex 30 Mar, 2018 11:49
Última visita: 21-05-18
Mai 2018 02 11:57

Re: Dengue

Mensagem não lida por royal »

A resposta é mesmo a letra ''e''. Olha, o vetor do vírus da dengue é o Aedes aegypti. Logo, o vírus não é dele, ele apenas o transporta, caracterizando, assim, um vetor mecânico. A mãe seria um vetor biológico, isso porque o agente causador da doença (vírus), se desenvolve em seu interior.

Última edição: royal (Qua 02 Mai, 2018 12:56). Total de 3 vezes.


''A firmeza de propósito é um dos mais necessários elementos do carácter e um dos melhores instrumentos do sucesso. Sem ele, o gênio desperdiça os seus esforços num labirinto de inconsistências.'' Philip Chesterfield

Avatar do usuário
Autor do Tópico
Liliana
Ultimate
Mensagens: 975
Registrado em: Ter 11 Out, 2016 21:17
Última visita: 07-02-19
Mai 2018 02 14:52

Re: Dengue

Mensagem não lida por Liliana »

royal escreveu:
Qua 02 Mai, 2018 11:57
A resposta é mesmo a letra ''e''. Olha, o vetor do vírus da dengue é o Aedes aegypti. Logo, o vírus não é dele, ele apenas o transporta, caracterizando, assim, um vetor mecânico. A mãe seria um vetor biológico, isso porque o agente causador da doença (vírus), se desenvolve em seu interior.
Então tem vetor... A letra e) diz que não...



Avatar do usuário
royal
sênior
Mensagens: 26
Registrado em: Sex 30 Mar, 2018 11:49
Última visita: 21-05-18
Mai 2018 04 12:13

Re: Dengue

Mensagem não lida por royal »

Liliana escreveu:
Qua 02 Mai, 2018 14:52
royal escreveu:
Qua 02 Mai, 2018 11:57
A resposta é mesmo a letra ''e''. Olha, o vetor do vírus da dengue é o Aedes aegypti. Logo, o vírus não é dele, ele apenas o transporta, caracterizando, assim, um vetor mecânico. A mãe seria um vetor biológico, isso porque o agente causador da doença (vírus), se desenvolve em seu interior.
Então tem vetor... A letra e) diz que não...
Olha, Liliane, essa interpretação é um pouco confusa. Eu achei uma resolução, via Globo, que diz a mesma coisa:
vetor m.png
vetor m.png (299 KiB) Exibido 1870 vezes
Sobre os vetores: Os vetores podem ser classificados em dois tipos de acordo com a Sociedade Brasileira de Parasitologia: vetor biológico e vetor mecânico. O vetor biológico é aquele que serve de local para a multiplicação de um agente causador de doenças. Já o vetor mecânico é aquele em que o agente causador da doença não se multiplica e não se desenvolve nesse local, sendo o vetor apenas uma forma de transporte.

A alternativa ''e'' diz que não é necessária a transmissão por um vetor, que no caso seria o mecânico, já que ela começa assim: ''Normalmente transmitida pela picada''; nesse caso, haveria uma transmissão! No caso do vetor biológico, a mãe serviu apenas de hospedeira, e não de ''veículo'' até o contato com a placenta. Veja, o Aedes é um vetor biológico, enquanto não pica ninguém, já que apenas carrega, em seu interior, o vírus da dengue. Porém, quando ele ''pica'' alguém, deixou de ser apenas biológico e passou a ser mecânico, em que passou a haver o contágio por transmissão (pela picada).

Essa questão é confusa mesmo. Eu certamente, na hora da prova, ficaria confuso. Então, ainda está com dúvida?


''A firmeza de propósito é um dos mais necessários elementos do carácter e um dos melhores instrumentos do sucesso. Sem ele, o gênio desperdiça os seus esforços num labirinto de inconsistências.'' Philip Chesterfield

Avatar do usuário
Autor do Tópico
Liliana
Ultimate
Mensagens: 975
Registrado em: Ter 11 Out, 2016 21:17
Última visita: 07-02-19
Mai 2018 04 19:59

Re: Dengue

Mensagem não lida por Liliana »

Deu pra entender sim.
Eu só não conhecia os termos "mecânico" e "biológico", já que eu só uso hospedeiro definitivo (quando se reproduz sexuadamente ou quando abriga o parasita em sua forma madura) e intermediário (o contrário).
Muito obrigada! :D



Avatar do usuário
royal
sênior
Mensagens: 26
Registrado em: Sex 30 Mar, 2018 11:49
Última visita: 21-05-18
Mai 2018 04 22:42

Re: Dengue

Mensagem não lida por royal »

Liliana escreveu:
Sex 04 Mai, 2018 19:59
Deu pra entender sim.
Eu só não conhecia os termos "mecânico" e "biológico", já que eu só uso hospedeiro definitivo (quando se reproduz sexuadamente ou quando abriga o parasita em sua forma madura) e intermediário (o contrário).
Muito obrigada! :D
Sim! Poucos estudam sobre essas questões. Creio que quem soubesse sobre esses dois vetores, teria uma enorme vantagem em resolver essa questão. Mas que bom que eu te ajudei! Abraços.



''A firmeza de propósito é um dos mais necessários elementos do carácter e um dos melhores instrumentos do sucesso. Sem ele, o gênio desperdiça os seus esforços num labirinto de inconsistências.'' Philip Chesterfield

Responder
  • Tópicos Semelhantes
    Respostas
    Exibições
    Última msg

Voltar para “Reino Monera, Vírus e Parasitologia”