Reino Monera, Vírus e Parasitologia(ENEM-PPL-2019) Dengue

Moderador: [ Moderadores TTB ]

Avatar do usuário
Autor do Tópico
joãofw
Guru
Mensagens: 440
Registrado em: Sex 31 Jan, 2020 19:29
Última visita: 18-09-20
Localização: Goiânia-GO
Set 2020 12 18:24

(ENEM-PPL-2019) Dengue

Mensagem não lida por joãofw »

As fêmeas do mosquito da dengue, Aedes aegypti,
têm um olfato extremamente refinado. Além de identificar
as coleções de águas para oviposição, elas são capazes
de detectar de forma precisa e eficaz a presença humana
pela interpretação de moléculas de odor eliminadas
durante a sudorese. Após perceber o indivíduo, voam
rapidamente em direção à fonte alimentar, iniciando o
repasto sanguíneo durante o qual podem transmitir o
vírus da dengue. Portanto, o olfato desempenha um
papel importante para a sobrevivência dessa espécie.
GUIDOBALDI, F.; MAY-CONCHA, I. J.; GUERENSTEIN, P. G.
Morphology and Physiology of the Olfactory System of
Blood-Feeding Insects. Journal of Physiology-Paris,
n. 2-3, abr.-jun. 2014 (adaptado).

Medidas que interferem na localização do hospedeiro
pelo vetor por meio dessa modalidade sensorial incluem a

A colocação de telas nas janelas.
B eliminação de locais de oviposição.
C instalação de borrifadores de água em locais abertos.
D conscientização para a necessidade de banhos
diários.
E utilização de cremes ou pomadas com princípios
ativos
Resposta

e
Por que a afirmativa "d" está falsa?




Responder
  • Tópicos Semelhantes
    Respostas
    Exibições
    Última msg

Voltar para “Reino Monera, Vírus e Parasitologia”