Física II(Enem) Interferência da luz

Termologia, Óptica e Ondas.

Moderador: [ Moderadores TTB ]

Avatar do usuário
Autor do Tópico
Liliana
1 - Trainee
Mensagens: 975
Registrado em: Ter 11 Out, 2016 21:17
Última visita: 07-02-19
Agradeceu: 621
Agradeceram: 60
Ago 2017 12 16:26

(Enem) Interferência da luz

Mensagem não lida por Liliana » Sáb 12 Ago, 2017 16:26

As cores que percebemos nos objetos dependem, basicamente, de dois fatores: das cores dos pigmentos que compõem o objeto propriamente dito e da luz que o ilumina. Considere um objeto que possua pigmentação exclusivamente vermelha, por exemplo. Se for iluminado por luz que contenha a radiação vermelha, seja uma luz branca ou uma monocromática vermelha, por exemplo, o objeto vai ser visto na sua própria cor, ou seja, vermelho. Se esse objeto for iluminado por qualquer luz que não tenha a radiação vermelha, ele será visto na cor preta. O pavão é uma ave que apresenta as penas da cauda com uma profusão fantástica de cores e formas. Na época do acasalamento, ele fica saltitando de um lugar para o outro, balançando as plumas e as penas da sua calda para atrair a fêmea. As figuras a seguir mostram um pavão e, no detalhe, os ocelos que compõem a sua cauda. Nessa espécie de ave, as cores predominantes na cauda são o verde, o azul, o alaranjado e o amarelo, todas em diversas tonalidades.
pavao.JPG
pavao.JPG (17.61 KiB) Exibido 380 vezes
Considere esse pavão num local sem iluminação natural. Caso ele seja iluminado com luz branca todas as cores mostradas serão vistas. Entretanto, se ele for iluminado com qualquer luz monocromática, a sua cauda vai se mostrar preta. Ou seja, nenhuma das cores vai aparecer e toda a sua beleza desaparece. Marque a alternativa que mais bem explica o fato mostrado.

A) As penas da cauda do pavão não possuem pigmentos coloridos e as cores que aparecem, quando iluminadas com luz branca, surgem por efeito da difração da luz nos espaços das suas plumas.

B) As penas da cauda do pavão não possuem pigmentos coloridos e as cores que aparecem, quando iluminadas com luz branca, surgem por efeito da interferência da luz nos espaços das suas plumas.

C) As penas da cauda do pavão não possuem pigmentos coloridos e as cores que aparecem, quando iluminadas com luz branca, surgem por efeito da refração e da reflexão da luz nas suas plumas.

D) Apesar de as penas da cauda do pavão apresentarem todos os pigmentos coloridos, quando elas são iluminadas por qualquer luz monocromática, a interferência destrutiva faz com que a cauda se mostre preta.

Alguém pode me explicar??
Agradeço desde já!! =)




Responder
  • Tópicos Semelhantes
    Respostas
    Exibições
    Última msg
  • Nova mensagem Ondulatória- Interferência construtiva
    por Liliana » Dom 20 Ago, 2017 13:45 » em Física II
    0 Respostas
    381 Exibições
    Última msg por Liliana
    Dom 20 Ago, 2017 13:45
  • Nova mensagem Interferência construtiva e destrutiva
    por gerlanmatfis » Ter 23 Jan, 2018 14:01 » em Física II
    1 Respostas
    190 Exibições
    Última msg por lorramrj
    Ter 23 Jan, 2018 18:28
  • Nova mensagem interferência construtiva e destrutiva
    por gerlanmatfis » Sex 26 Jan, 2018 12:23 » em Física I
    1 Respostas
    162 Exibições
    Última msg por lorramrj
    Sex 26 Jan, 2018 21:33
  • Nova mensagem Interferência
    por sophiab332 » Sáb 08 Set, 2018 18:00 » em Física II
    0 Respostas
    205 Exibições
    Última msg por sophiab332
    Sáb 08 Set, 2018 18:00
  • Nova mensagem Óptica interferência
    por Willrf » Sex 26 Abr, 2019 19:10 » em Física II
    1 Respostas
    108 Exibições
    Última msg por Planck
    Sáb 27 Abr, 2019 11:19

Voltar para “Física II”