Pesquisa resultou em 329 ocorrências

Voltar

por Juniorhw
Dom 03 Fev, 2013 16:19
Ir ao forum
Ir ao tópico

Re: (Mackenzie) Dinâmica

Olá, O macaco, ao subir, puxa a corda para baixo. Como o macaco e o cubo possuem o mesmo peso e não há atrito entre a corda e a roldana, o comprimento de corda que o macaco puxa é numericamente igual à altura que o cubo sobe. Portanto, ambos ficarão sempre frente a frente e o macaco irá ver sua imag...
por Juniorhw
Ter 05 Fev, 2013 09:44
Ir ao forum
Ir ao tópico

Re: Potenciação

\frac {2^{n+4} - 2.2^n}{2.2^{n+3}} =
Coloque o 2^n em evidência:
\frac {2^{n} . (2^4- 2)}{2^n.(2.2^3)} =
\frac {(2^4- 2)}{(2.2^3)} =
\frac {14}{16} =
\frac {7}{8}

Certo?
por Juniorhw
Ter 05 Fev, 2013 21:05
Ir ao forum
Ir ao tópico

Re: Cosseno

Você não pode fazer a distributiva em cosseno da soma ou da diferença de dois arcos. Existe uma "fórmula" para isso, que é a seguinte: cos (a-b)=cos a.cosb+sena.senb cos (a+b)=cos a.cosb-sena.senb Agora sim: cos (a-b)=cos a.cosb+sena.senb cos (180- \theta)=cos 180.cos \theta+sen180.sen \theta cos (1...
por Juniorhw
Qua 06 Fev, 2013 15:35
Ir ao forum
Ir ao tópico

Re: Aceleraçao Vetorial Instantanea

A primeira soma significa que para obter a aceleração vetorial é preciso somar os vetores aceleração tangencial e aceleração centrípeta. Então perceba que é uma soma de vetores, e não dos valores das acelerações. O vetor aceleração tangencial e aceleração centrípeta formam 90º entre si, então para a...
por Juniorhw
Qua 06 Fev, 2013 16:20
Ir ao forum
Ir ao tópico

Re: Aceleraçao Vetorial Instantanea

A aceleração vetorial é a resultante entre a aceleração centrípeta e a aceleração tangencial. Veja essa imagem: Sem título.png O "a" é a aceleração vetorial, para calculá-la você precisa somar vetorialmente Ac e At e para isso deve usar Pitágoras. Você está confundindo soma vetorial com soma escalar...
por Juniorhw
Sáb 06 Abr, 2013 18:50
Ir ao forum
Ir ao tópico

Re: (UnB - 1992) Ondulatória

A velocidade de propagação em uma corda é dada por v=\sqrt{\frac{T}{d}}, onde T é a tensão na corda e d é a sua densidade linear. Como a densidade linear é a razão entre a massa e o comprimento (m/L):

v=\sqrt{\frac{F}{\frac{m}{L}} }\\ v=\sqrt{\frac{FL}{m}
por Juniorhw
Sáb 13 Abr, 2013 00:18
Ir ao forum
Ir ao tópico

Re: Corda com massa

Podemos tratar o comprimento da corda como se fosse a massa, já que ela é homogênea (massa e comprimento proporcionais). Sobre a corda inteira atua somente a força peso (força com que a Terra atrai a parte pendurada), e sua massa é a soma da massa da parte pendurada e a da parte não pendurada. Usand...
por Juniorhw
Qui 18 Abr, 2013 11:36
Ir ao forum
Ir ao tópico

Re: Inequaçoes Quadráticas

\frac{2x-3(x+1)}{6} \geq \frac{1-x}{4}
\frac{-x-3}{6}-\frac{1-x}{4} \geq 0
\frac{2(-x-3)-3(1-x)}{12} \geq 0
-2x-6-3+3x \geq 0
x \geq 9
por Juniorhw
Sex 19 Abr, 2013 16:58
Ir ao forum
Ir ao tópico

(UNICAMP) Conservação de Energia

Bungee jumping é um esporte radical, muito conhecido hoje em dia, em que uma pessoa salta de uma grande altura, presa a um cabo elástico. Considere o salto de uma pessoa de 80 kg. A velocidade máxima atingida pela pessoa durante a queda é de 20 m/s. A partir desse instante, a força elástica do cabo ...
por Juniorhw
Dom 21 Abr, 2013 01:48
Ir ao forum
Ir ao tópico

Re: Movimento bidimensional

a) d=v\cdot t\\1=2,5\cdot t\\t=0,4h=24\text{ min} b) para chegar exatamente no ponto onde ele quer (que fica exatamente na sua frente), e como há uma correnteza, ele deve remar para a diagonal, certo? Desenhando os vetores velocidade relativa e de correnteza, ficaremos com um triângulo retângulo. Co...