02 – Funções do 1º Grau

Vamos utilizar como exemplo uma equação que muitos conhecem, a equação do perimetro de um retângulo:

Perímetro = Soma das medidas de todos os lados do retângulo.

retangulo.gif (1554 bytes)

Podemos dizer que o perímetro destre retângulo vale 2.L+2.8
Visto que a medida das laterais não irá se modificar (sempre 8), o tamanho do perímetro irá depender apenas do tamanho da base (L). Então o perímetro é uma função do Lado L. E por isso L é a variável independente, e o perímetro dependente.

Perímetro=2.L+2.8
f(x)=2.x+16 ou
y=2.x+16

Toda função polinomial que se mostra pela fórmula f(x)=ax+b com “a” e “b” pertencente aos reais com “a” diferente de zero, definida para qualquer valor de x Real, é denominada Função polinomial do 1º Grau, ou simplesmente função do 1º Grau.

Exemplos:

a) [tex3]f(x)=2x+6[/tex3]             [tex3]a=2[/tex3]     [tex3]b=6[/tex3]

b) [tex3]f(x)=8x[/tex3]                 [tex3]a=8[/tex3]     [tex3]b=0[/tex3]

c) [tex3]y=-3x+5[/tex3]              [tex3]a=-3[/tex3]    [tex3]b=5[/tex3]

d) [tex3]y=\frac{-3x+2}{4}[/tex3]             [tex3]a=-\frac{3}{4}[/tex3]   [tex3]b=\frac{2}{4}=\frac{1}{2}[/tex3]

Em todos os exemplos, x é a variável independente, e y a variável dependente